LIVRARIA VIRTUAL

Confissões de um converso

Confissões de um converso

Robert Hugh Benson| Biografias e Testemunhos | 1ª Edição | 136 págs. | Margarida Hulshof | Editora: Quadrante | 12 x 19cm | Brochura | Brasil

Robert Hugh Benson, sacerdote anglicano, relata nestas páginas a sua descoberta gradual do catolicismo. A sua conversão causou sensação em toda a Inglaterra do tempo, pois tratava-se nada mais nada menos que do próprio filho do Arcebispo de Cantebury. Ele mesmo, porém, longe de experimentar grandes arrebatos sentimentais ou triunfalistas, confessa que chegou à Igreja “cego, mudo e miserável”, atraído unicamente pelo brilho da “estrela da fé”.

O que talvez impressione mais neste livro seja a honestidade com que Benson enfrentou os próprios preconceitos intelectuais e apegamentos emocionais, além das dificuldades externas, para poder seguir o caminho que sabia ser o único correto. Mas é preciso ressaltar também a completa ausência de amargura para com a Igreja que deixou, sinal certo de que foi apenas o amor à Verdade que o moveu. Há, sem dúvida, comentários duros e firmes, mas nenhum azedume.

Profundamente inglês, apresenta uma profusão de detalhes sobre os seus contemporâneos e sobre os labirintos históricos e doutrinais da confissão anglicana que poderiam desnortear um pouco o leitor desavisado. Mas vale a pena percorrer com ele todo esse caminho, nem que seja apenas para chegar ao capítulo final, que é todo ele um hino à Igreja Católica, comovente e glorioso.

Do ardor que a conversão imprimiu depois à sua vida, encerrada aos 43 anos, é uma amostra vibrante a sua obra A amizade com Cristo (Quadrante, 1996), fecunda para descobrir o modo de relacionar-se com o Verbo encarnado interiormente e no convívio com os homens.

Preço: R$ 36,00
iCOMPRAR e PERGUNTE SOBRE ESTE LIVRO
Compartilhe:

AVALIAÇÕES DE CLIENTES SOBRE O LIVRO Confissões de um converso

eAVALIE ESTE LIVRO

Biografia do(a) autor(a) Robert Hugh Benson:

Robert Hugh Benson nasceu em Wellington College a 28 de novembro de 1871. Tornou-se sacerdote da igreja da Inglaterra aos vinte e cinco anos, mas, enquanto exercia o seu ministério, teve ocasião de estudar mais a fundo a catolicismo e converteu-se em 1903. Viajou para Roma a fim de lá estudar a Teologia católica, e pôde receber o sacramento da Ordem já no ano seguinte. Tornou-se capelão universitário católico de Cambridge em 1908, mas pouco depois teve de renunciar aos cargos pastorais por motivos de saúde. A partir de então, dedicou-se a escrever com uma paixão e intensidade verdadeiramente prodigiosas. As suas obras incluem diversas novelas históricas, a principal das quais é Lord of the World (1912), poesias, peças de teatro e ensaios espirituais. Faleceu aos 43 anos, em 1914.

Veja mais livros deste(a) autor(a).

Informe a sua dúvida sobre o livro Confissões de um converso:




Para fechar esta janela, clique no botão Fechar ou tecle a tecla ESC.

Facebook Nebli Livraria